APÊNDICE

Encontre aqui as ilustrações do livro de Diogo Cruxen e Anderson Sandes.


Da Capa

Imagem 1: “As meninas” de Diego Velázquez, de 1656


 

Um clássico para chamar de meu

Imagem 2: Detalhe de “Apolo e Dafne”, de Bernini, 1625. A escultura mostra o afoitamento do deus da poesia em obter sua dama, em resultado do feitiço causado pela seta de Cupido. Um “amor vicioso”.


Imagem 3: “Paisagem de Espanha”, John Graz, 1916


 

Imagem 4: “Madona” de Jean Fouquet, 1452. “Virgem de Guadalupe” de Salvador Dali, 1959. Por um lado, a sofisticação de formas sólidas para os seios e cores quase puras nos anjos (características tipicamente modernas) de um artista em pleno renascimento e, por outro, o requintamento compositivo e cuidado técnico do surrealismo do século XX. Há demérito a um ou a outro apenas por conta de seu estilo ou época?


 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.